Por que o CRM é importante para sua empresa?

Publicado em

Um dos maiores trunfos que o empresário atual tem em mãos para consolidar e ampliar o seu negócio é a informação: sobre o mercado, o ambiente interno da empresa, os concorrentes, as tendências apontadas por grandes institutos de pesquisa e, é claro, sobre o cliente. Nesse último departamento, encontra-se o CRM.

Conceito de CRM

CRM é a sigla para Customer Relationship Management, ou simplesmente Gestão de Relacionamento com o Cliente. Ele engloba tanto as estratégias quanto as tecnologias que têm como principal objetivo a relação entre a empresa e o cliente, especialmente no que diz respeito aos dados que baseiam essa relação.

Enquanto tecnologia, o CRM é o sistema que armazena as informações tanto de clientes já existentes quanto em potencial, desde dados básicos de contato (nome completo, telefone, e-mail…) até indicativos que revelem a relação dele com a empresa (se já comprou algum produto, quantas vezes, qual foi a última vez, algum feedback).

Se durante um diálogo, o vendedor conseguir extrair informações mais pessoais sobre aquele cliente que sejam úteis para a marca, elas também podem ser acrescentadas ao CRM. Por exemplo: você tem uma imobiliária e acaba de vender um apartamento para um casal. Durante a negociação, o corretor descobre que esse mesmo casal pretende comprar um segundo imóvel para investir dentro de dois anos. Esse dado pode se tornar uma oportunidade de negócio, portanto, é pertinente ao CRM.

Por que o sistema CRM é importante?

Ele reúne as informações sobre os clientes de forma organizada e sistemática, assim, a equipe de vendas consegue localizar um contato rapidamente, com base nos critérios de segmentação escolhido. Esses mesmos critérios servem para categorizar esses contatos, selecionando, por exemplo, apenas aqueles que demonstraram interesse, mas ainda não finalizaram nenhuma compra, para elaborar uma estratégia específica.

Comentamos no início que a informação é uma das coisas que a empresa tem de mais importante. Mas ela só serve se for organizada de modo a fazer sentido e otimizar os processos que movimentam o negócio. E é isso que o CRM faz!

O CRM também ajuda o gestor a transferir os leads qualificados para a equipe de vendas sem correr o risco de esquecer nenhum deles ou de se perder pelo caminho.

Além de centralizar informações numa única plataforma, esse programa também garante que elas sejam acessadas com facilidade. Se o fornecedor do serviço utilizar a armazenagem na nuvem, quando o gestor estiver em uma reunião externa, poderá acessar o banco de dados do seu celular com toda a segurança e praticidade.

Como implementar?

O primeiro passo é procurar uma empresa provedora desse software que já tenha experiência de mercado, cases de sucesso e, o mais importante: que esteja disposta a personalizar o programa de acordo com as suas necessidades, dentro do possível. O CRM é muito mais eficiente quando leva em conta as particularidades de cada empresa.

Estamos à disposição para ajudar o seu negócio a dar esse passo. Deixe suas informações e entraremos em contato para apresentar o nosso sistema de CRM em detalhes e demonstrar como ele pode auxiliar o seu empreendimento.

Posts Relacionados

Talvez você goste de alguns destes também.

Saiba como o Sistema de Força de Vendas pode ajudar o seu negócio

Para empreender com sucesso, é importante contar com as ferramentas adequadas. E isso significa tanto investir em equipamentos e mão de obra qualificada, quanto aproveitar os avanços tecnológicos voltados para o empreendedorismo. Um deles são os sistemas que dão suporte à gestão, como o SFA (Sales Force Automation, ou Sistema de Força de Vendas).

Leia Mais

Por que o CRM é importante para sua empresa?

Um dos maiores trunfos que o empresário atual tem em mãos para consolidar e ampliar o seu negócio é a informação: sobre o mercado, o ambiente interno da empresa, os concorrentes, as tendências apontadas por grandes institutos de pesquisa e, é claro, sobre o cliente. Nesse último departamento, encontra-se o CRM.

Leia Mais

Como um software de gestão pode automatizar os processos da sua empresa?

Toda empresa possui uma série de demandas operacionais e obrigações legais que precisam ser honradas periodicamente para assegurar que o empreendimento possa operar de maneira regular e lucrativa, acima de tudo. Para que isso seja possível, a gestão do negócio é fundamental em todas as áreas e processos. Neste texto, você entenderá porque um software de gestão pode automatizar os processos de sua empresa. Confira!

Leia Mais

Bloco K: O que é e calendário de obrigações

O Governo Federal, a partir de 2007, deu início a medidas que tornassem os processos de escrituração fiscal menos burocrático e mais eficiente. Dessa forma, surgiu o SPED (Sistema Público de Escrituração Digital).

O SPED trouxe inúmeras mudanças para facilitar a contabilidade das empresas, entre elas, a inauguração do Livro Registro de Controle da Produção e do Estoque em versão digital, o conhecido Bloco K.

Com isso, a Receita Federal passou a estabelecer os prazos para a entrega correta do Bloco K, que entraram em vigor a partir de 1° de janeiro de 2018. Por isso a importância de se entender o que é o Bloco K, suas obrigações e datas, evitando multas e outras penalizações.

Leia Mais

Saiba como implementar um software de gestão no seu agronegócio

Com o mundo globalizado e tecnológico que existe hoje, se torna cada vez mais importante otimizar a atividade agrícola, sendo essencial a utilização de um software de gestão no seu agronegócio. Existem diferentes tipos para as mais diversas finalidades, assim é preciso avaliar qual modelo pode suprir as necessidades de cada atividade. Saiba agora como implementar um software de gestão no seu negócio de agricultura.

Leia Mais

Receituário Agronômico com atualizações automáticas de acordo com normas do MAPA

Para gerir o agronegócio com responsabilidade e eficiência, as empresas tiveram que adotar as inovações tecnológicas com o fim de auxiliar o serviço, aprimorar os resultados e fiscalizar os processos. Administrar as plantações e a venda de agrotóxicos de acordo com as leis e regulamentações dos órgãos responsáveis é uma obrigação da revenda. Uma destas obrigações é o preenchimento do receituário agronômico.

Esta documentação indica sobre o uso de agrotóxicos, que deve ser feito seguindo exatamente as normas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA. A tecnologia dos sistemas de gestão propicia facilidades na obtenção das recomendações baseadas na cultura, defensivos e diagnóstico e retornam dados para a correta aplicação. Desta forma, o receituário agronômico eletrônico indica a utilização dos agrotóxicos e, principalmente, se a quantidade está dentro do que é indicado pelo MAPA.

Leia Mais

NEWSLETTER Novidades sobre nossos serviços